cadernos personalizados

Comentários 4 Padrão

Esses dias postei no Instagram um vídeozinho em time lapse do meu processo de encapar os cadernos das crianças.

E muita gente gostou do vídeo e pediu pra explicar melhor algumas coisas. Então eu postei umas dicas no Stories do Instagram, mas depois algumas pessoas pediram pra postar aqui no bloguito, pra ficar sempre à disposição.

As capas dos cadernos dos pequenos ficaram muito lindas, eu deixei que eles escolhessem os desenhos que mais gostavam no Freepik. Pra encontrar as imagens digitei “cute” (que significa fofo) na barra de busca e fui passando todas as páginas e salvando as ilustrações preferidas deles.

img_20170201_183736_003img_20170201_171145_733

A única exceção foi um dos cadernos do filhote, que ele queria com desenhos de Clash Royale (um jogo de celular). Este eu fiz usando imagens encontradas no Google Images, em formato PNG, que são bitmaps com fundo transparente.

Eu recebi muitos pedidos para compartilhar as artes que fiz para as capas dos cadernos, mas, como os desenhos que utilizei para as artes não são meus, eu realmente não me sinto confortável em compartilhar depois de ter manipulado as imagens.

Mas eu vou deixar aqui, no final do post, os links para os vetores que eu utilizei, e também uma arte bem linda que eu fiz, que foi do meu planner ano passado, e que eu adaptei pra encapar o caderno hoje pra fotografar este tutorial pra vocês, ok? :)

Então, vou explicar o processo todo, desde o começo.

As imagens que eu utilizei são vetores, e é preciso um editor de vetores pra trabalhar com elas. Eu uso o Corel Draw, porque foi com ele que aprendi a fazer isso, na época da faculdade, mas se fosse pra começar hoje, certamente eu usaria o Adobe Illustrator.

cadernos44

Bem, depois de escolhidas as imagens, eu criei um arquivo com o tamanho de cada caderno, achei um fundo que ficasse legal, apliquei o desenho, o texto, e depois imprimi.

Essas capas eu mandei imprimir em gráfica digital, porque como eu queria qualidade bem alta e eram muitas capas, eu ia gastar muita tinta em casa pra imprimir. Então aproveitei e pedi pra imprimir em papel adesivo, pra colar nos cadernos, mas isso não é necessário. Gastei R$ 45,00 na gráfica digital para as capas dos 11 cadernos, frente e verso.

A capa que eu usei hoje, pra fotografar o tutorial, eu imprimi em papel sulfite 120 gramas, na impressora de casa mesmo. E usei um caderninho de caligrafia que a filhota usa em casa pra treinar.

Então, de material, além das capas e dos cadernos, eu uso régua e estilete pra cortar as capas bem retinhas, tesoura ou estilete pra cortar o adesivo, uma flanela (ou qualquer paninho) levemente úmida, régua e/ou agulha para retirar possíveis bolhas, cola em bastão, caso o papel das capas não seja adesivo e papel Contact.

cadernos25

E aqui eu realmente indico o original Contact, porque as outras marcas que eu tentei tem o adesivo forte demais, então não permitem reposicionamentos e criam mais bolhas (isso não é um publieditorial, ok?).

cadernos26

Deixo tudo pronto, capas e Contact cortados do tamanho certo, antes de começar. Eu procuro deixar uma margem de 2 quadradinhos para cada lado do adesivo.

cadernos27

Então eu colo as capas personalizadas no caderno. Como hoje usei sulfite, passei cola em bastão e apliquei normalmente sobre a capa. Quando uso papel adesivo, tenho mais cuidado, pois não é possível reposicionar o adesivo depois de colado (ele fica cheio de marcas na impressão).

Aqui cabe uma observação: se você for colocar etiquetas com o nome do seu filho, matéria e turma, coloque sobre a capa, mas por baixo do Contact, assim ela também aguenta o ano inteiro. ;)

cadernos28cadernos29

Para aplicar o Contact, eu abro uma das pontas dele e faço uma dobra, assim:

cadernos30

Então posiciono o caderno aberto, com uma das pontas virada pra mim, e aplico o Contact.

cadernos31

Com a mão esquerda, eu vou tirando o papel protetor e com a direita eu vou passando a flanela levemente úmida, sempre aos poucos, pra evitar bolhas.

cadernos32

Quando chego na lombada do caderno, eu o fecho, e aplico o contact com ele fechado, fazendo bastante pressão.

cadernos33

Depois abro novamente o caderno e continuo até aplicar em todo o verso.

cadernos35

Quando termino de aplicar, pego a tesoura e faço 4 cortes no Contact, 2 em cima, e 2 embaixo, bem no centro do caderno, onde a capa dobra:

cadernos36

E corto as 4 pontas assim:

cadernos37

Aí dobro as bordas pra dentro, sempre começando pelo centro  e depois indo para os cantos, e sempre puxando bem pro plástico ficar bem rente à capa.

cadernos38

Nessa parte, quase sempre fica alguma bolha, ou dobra no Contact (olha ali embaixo, no canto inferior esquerdo).

cadernos41

Pra bolhas o melhor é usar uma agulha, mas pode ser uma régua também, ou até os dois.

No caso desses cadernos de brochura, a lombada vai continuar aparente, então é bom escolher capas que combinem com a cor original dos cadernos. Aqui não rolou porque esse era o único caderno que tinha em casa sem encapar, mas nos da escola eu tomei esse cuidado.

cadernos40

E bem, depois disso, o caderno está prontinho!

capa-frente

capa-verso

E olha, tem muitos outros jeitos de personalizar cadernos, que não precisam de habilidades com algum software específico, apenas criatividade e disposição.

Além de várias imagens legais, com boa qualidade, que é possível encontrar facilmente no Google Images, com jogos, personagens de desenhos animados, seriados e filmes, também fica bem bacana usar recortes de revistas, partes de cartazes, páginas de livros deixados de lado, papéis de presente, papéis de scrapbook, tecidos, washi tapes, adesivos, carimbos, fotos, desenhos feitos por você ou pelas crianças, aquarelas, mapas, folhas secas… são tantas possibilidades legais!

Pra quem quiser fazer com os desenhos que usei nos cadernos das crianças, seguem os links no Freepik:

Creepy characters in vintage style , Grunge style interiorCreepy halloween elements

Cute monster cartoon e Green starbust background

Hot air balloonsWatercolor skies background

Spring party flyer e Sunburst vintage background

Butterfly with floral wreath

Enjoyable cacti setZig zag vintage pattern

Lovely ice cream characters e Geometric colorful abstract background

Forest sitting animal collection, Cute fox birthday card e Nature pattern design

Rainbow kawaii pattern e Grunge metal red texture

E, por fim, se você gostou do meu layout da nuvenzinha chovendo amor, e quiser usar em algum dos seus cadernos ou em outra aplicação, eu estou disponibilizando abaixo em 6 tamanhos diferentes, frente e verso (são os 6 tamanhos de cadernos que meus filhos tem neste ano).

horizontal-frente-21x16cm   horizontal-verso-21x16cm

horizontal-frente-264x198cm   horizontal-verso-264x198cm

vertical-frente-146x21cm   vertical-verso-146x21cm

vertical-frente-192x275cm   vertical-verso-192x275cm

vertical-frente-198x255cm   vertical-verso-198x255cm

vertical-frente-205x283cm   vertical-verso-205x283cm

arte-da-nuvenzinha

Talvez tenha ficado tarde pra encapar os cadernos por aí. Demorei pra encapar porque aqui as aulas só começam na próxima segunda feira. Mas de qualquer forma, fica a dica para os próximos cadernos, né?

Ah, e se você fizer, mostra pra mim! Eu adoro ver as coisas que vocês criam inspirados por este bloguito aqui.

Até mais, e feliz ano letivo!

Lahna :)

a festa arco íris

Comentários 31 Padrão

É terça-feira, o sorteio da fanpage foi realizado (corre lá pra ver se você ganhou!), as vagas para pedidos do segundo semestre já foram preenchidas, e eu ainda tenho um pedido do primeiro semestre pra finalizar, mesmo estando às vésperas das férias escolares!

Mas mesmo assim vim mostrar pra vocês uma festa bem linda, que eu fiz com a ajuda de pessoas muito queridas.

Bem, pra começar, vocês devem lembrar que eu não gosto de buffets de festas infantis, né? Ok? Ok.

Mas, se você prometeu pra uma garotinha que quando ela completasse cinco anos ela teria uma festa em buffet infantil, você cumpre, certo? Certo.

Então foi assim que aconteceu, e eu fiz uma festa num buffet.

Eu comecei a planejar essa festa com mais de cem dias de antecedência, e como tinha bastante prazo, fiz algumas encomendas no Ali Express.

Como o tema da festa, escolhido pela aniversariante, era arco íris, eu decidi fazer um painel com pompons de papel de seda, leques de papel de seda e honeycombs (aquelas esferas tipo casinhas de abelha, sabe?) de vários tamanhos, nas setecores do arco íris. Em função dos pedidos que assumi, que me deixaram sem tempo pra atender festas do meu círculo pessoal, eu decidi comprar esses itens prontos no Ali Express.

Mas foi uma tortura, das grandes.

Primeiro que a encomenda ficou PA-RA-DA na Receita Federal por uma pequena eternidade (chegou cinco dias antes da data da festa), e segundo porque o vendedor me enganou, me passou a perna, agiu de má fé total comigo.

Foi a primeira vez que isso aconteceu comigo no Ali Express. Eu encomendei oitenta (oitenta!!!) itens entre pompons, leques e honeycombs, de 10, 15, 20 e 30 cm, nas cores vermelho, laranja, amarelo, verde, azul claro, azul escuro e roxo. Ele enviou pra mim cinco (cinco!!!) mini lanternas japonesas de 10 cm (não pedi nenhuma lanterna) nas cores rosa, branco, roxo e laranja.

Bem, estamos em disputa no site do Ali Express, e só posso dizer que a coisa está feia, e que é de perder a fé na humanidade ver como alguém pode ser tão desonesto.

Mas voltando à festa. Quando faltavam duas semanas, eu ainda não tinha recebido a encomenda e começou a bater o desespero, porque não só eu não tinha um plano B, como eu também não tinha tempo pra criar e desenvolver nada.

Pensei em várias alternativas, plotar um painel, fazer tudo de balões (eu não sou muito fã de balões), fazer nada… enfim, eu estava perdida.

Foi quando eu me liguei que eu poderia pedir ajuda. Eu quase nunca peço ajuda, sou centralizadora e perfeccionista, por isso faço tudo sozinha, sempre. Mas naquelas circunstâncias ou eu pedia ajuda, ou me contentava com pouco, muito pouco.

Então eu parei pra pensar nas pessoas que eu contrataria, se eu não trabalhasse com isso. Quem eu chamaria pra decorar minhas festas? E minha casa?

O primeiro nome que apareceu na minha cabeça foi a Renata McCartney. Sou fãzoca do trabalho dela, de cada pedacinho de cada projeto que ela faz. Então arrisquei, mesmo encima da hora, e entrei em contato com ela.

Ela foi tão querida comigo, eu percebi na voz dela que ela queria muito me ajudar, ver a festa acontecer de um jeito legal, de um jeito que eu gostasse, e mais importante, de um jeito que a aniversariante se encantasse.

E foi assim que, mesmo não podendo me ajudar por ter outros projetos já assumidos, ela me indicou a Juliana Choma, que trabalha com ela, pra me ajudar com alguma coisa assim, meio improvisada, já que tínhamos pouco tempo.

Marquei uma reunião com a Juh, no buffet, e nossa, outra querida.

Ela é completamente apaixonada por essas craftices, estuda cenografia e é daquelas pessoas que tem ideias legais, sabe? Nossa, como eu fiquei feliz por ter pedido ajuda! As ideias da Juh chegaram e foram refinando as minhas ideias. A gente foi conversando e parecia que tudo o que eu pensava, ela pensava mais bonito. Foi muito legal.

Depois da conversa e de alguns emails, nós concordamos que ela faria uma tonelada de pompons, pra serem nuvens, e um arco íris de pequenas flores de papel. E bem, a gente não se falou mais, eu corri pra preparar algumas coisas com o tempo que tinha e só falei com a Juh de novo no dia da festa, e gente, como eu fiquei feliz quando vi o resultado do trabalho dela! :)

Pra quem estava pensando em plotar uma imagem em PVC, no auge do desespero, ter um trabalho tão bonito, feito à mão com tanto carinho, ah, foi muita alegria.

Então agora, que eu já contei todo o drama, e já apresentei a incrível Juh, eu posso mostrar a festa pra vocês. ;)

Mas antes de mostrar tudo pronto, eu vou mostrar alguns detalhes, só pra aumentar o suspense (mentira, é porque eu adoro os detalhes).

Raibow 001Esses pomponzinhos de lã foram usados num varalzinho e também em um arquinho para a aniversariante.

Raibow 003

Raibow 008 Também fiz mini bandeirinhas pra colocar em cupcakes, docinhos e afins.

Raibow 016

Raibow 017E um cake topper, também de bandeirinhas.

Raibow 015Também fiz tags para alguns centros de mesa:

Raibow 011

Raibow 012

Raibow 014

Raibow 013E tags para garrafinhas, que também foram centros de mesa:

Raibow 018

Raibow 019

Raibow 020E pintei grampos de roupas, pro varal de fotos:

Raibow 009Como lembrancinhas, eu comprei chicletes coloridos de bolinha, no Mercado Livre, que decidi colocar dentro de tubetes. Comprei 500 chicletes, pra ter certeza que ia ter todas as cores do arco íris em cada tubete, mas o vendedor também me mandou errado, e vieram menos de 200 chicletes coloridos, e mais de 300 chicletes de olhos sanguinolentos. Tô bem de compras online, né?

Raibow 006Bem, a solução foi algumas crianças ganharem chicletes e outras pirulitos coloridos.

Além disso, pedi ajuda para a queridona Leticia Pereira, da Catavento Mimos e Lembrancinhas , que fez pra mim caderninhos de colorir e lápis de cor personalizados.

Raibow 004

Raibow 007

Raibow 005E olha só, vou mostrar mais um detalhe, porque achei muito legal o presente que a aniversariante ganhou:

Raibow 002Uma caixa cheia de peças de bijouterias, em todas as cores do arco íris além de muito rosa! Um presente bem diferente e criativo pra garotinhas a partir de 5 anos, né?

E ela aproveitou e fez duas pulseiras pra usar na sua festa:

Raibow 010

Raibow 021Muito bem, muito bem, então agora vamos ver tudo montadinho?

rainbow080O que eu mais gosto dessa festa, é que mesmo ela sendo num buffet, ela não é uma super produção, ela tem jeito e carinho de feito à mão, que era exatamente o que eu queria.

Raibow 029

Raibow 034Os balões gigantes comprei do mesmo fornecedor que já citei no post da festa dos monstrinhos, e eles foram presos em caixotes de madeira, gentilmente cedidos pela Juh, e decorados com mosquitinhos brancos.

Raibow 046

Raibow 032O varalzinho de pompons ficou no quadro negro, que a Renata emprestou pra gente usar na festa. :)

Raibow 038

Raibow 054

Raibow 026Os dois vasos com mosquitinhos brancos, que ficaram nas laterais, eu decorei com fitas de cetim.

Raibow 056

Raibow 055E na base espalhei confetes de papel de seda nas cores do arco íris.

Raibow 060

Raibow 058Todos os pompons e o arco íris de mini flores de papel foram feitos pela Juh, como já expliquei no texto  lá encima.

Raibow 059

Raibow 042Quanto mais de perto a gente olha, mais bonito ele fica. :)

Raibow 023Uma “chuva” de corações, que caía das nuvens de pompom do topo, dava o toque cor de rosa, que a pequena aniversariante adora.

Raibow 057

Raibow 022O bolo foi fornecido pelo próprio buffet, que atendeu direitinho o meu pedido, mesmo achando um tanto estranho um bolo tão simples. :)

Raibow 027

Raibow 051

Raibow 061Os cupcakes e cakepops foram obra da querida Lívia, da Dellicato Cupcakes, que mais uma vez só recebeu elogios pelas suas delícias.

Raibow 035Eu esqueci de tirar foto de um deles cortadinhos, mas a massa tinha todas as cores do arco íris, muito linda! :)

Raibow 052

Raibow 037Cakepops coloridos e muito saborosos.

Raibow 053Um varalzinho de fotos mostrava a carinha da aniversariante, do nascimento aos cinco anos.

Raibow 049

Raibow 028

Raibow 047E os vasinhos com as tags e as garrafinhas com mosquitinhos brancos se revezavam como centros de mesa.

Raibow 025

Raibow 024Preciso dizer que esses confetes não ficaram aí por muito tempo? A criançada fez o maior carnaval jogando tudo pro alto! :)

Raibow 048E bem, foi assim a festa arco íris, minha primeira festa em buffet infantil.

Apesar de ter conseguido deixar a decoração mais simples e de ter sido super bem atendida eu não troco uma festinha em casa por uma festa em buffet não, viu?

Por isso espero que as próximas festas que aparecerem em meu caminho sejam mais simples e mais íntimas, do jeitinho que eu gosto. :)

Eu já agradeci muito a todas essas pessoas queridas que me ajudaram a fazer tudo isso acontecer, mesmo de última hora, mas acho que o jeito mais legal de devolver esse carinho é indicando os serviços delas, que foram impecáveis:

Juliana Choma  – decoração de festas e cenografia

Renata McCartney – decoração, arte e design

Catavento – lembrancinhas

Dellicato – cupcakes e cakepops

Buffet 1, 2, 3 e Já – buffet para festas infantis

Obrigada por tudo meninas, o brilhinho no olhar da aniversariante disse tudo!

***

E logo eu volto pra falar sobre o Dia do Carimbo, um dia que vou reservar uma vez ao mês (espero que consiga, né?) para atender exclusivamente a pedidos de carimbinhos fofos, e pra mostrar como ficaram as últimas três encomendas do semestre pra vocês.

Lahna :)

sangue, suor e feltro

Comentários 18 Padrão

Então, fiquei devendo uma guirlanda ontem, né?

Olha, achei que ela merecia um post exclusivo, porque foi tãããão trabalhoso fazer a bichinha que ela precisa de mais prestígio, sabe?

E também porque ela ficou tão linda, olha só:

Eu queria que ela fosse bem coloridona, mas com alguma ordem.

Então fiz assim:

– Escolhi uma boa base (guirlanda de vime, que pintei com tinta spray branca).

– Selecionei e defini a ordem das cores de feltro (usei como base a roda das cores, se quiser, pesquise por color wheel no Google)

– Recortei todas as rosinhas (uma grande e duas médias de cada cor – prato de sobremesa e pires como moldes).

– Enrolei e colei todas as rosinhas.

– Posicionei uma rosa de cada cor na guirlanda, pra ver se ia caber tudo e definir mais ou menos a posição de cada cor.

– Colei uma rosa em cada um dos quatro extremos de acordo com a definição acima (foram: vermelho vivo, azul vivo, pink e amarelo).

– E aí fui preenchendo os espaços entre essas quatro rosas com todas as outras flores.

– Por último fiz algumas rosinhas pequenas para tapar os espaços que ficaram vazios.

Mas de verdade, não tem segredo.

Continua sendo o mesmo tutorial da primeira guirlanda, só que muito (muuuuito) mais trabalhoso.

Ela já está no seu lugar, lindona, em um home office, trazendo alegria pro ambiente e pra quem trabalha nele.

Aliás, amanhã vou postar os detalhes desse home office que renovei.

Hoje eu vim só pra mostrar minha obra-prima no que diz respeito a guirlandas feitas com rosas de feltro, porque olha, duvido que algum dia eu me empenhe tanto nesse quesito de novo.

Té mais ver.

:)