a saga dos pompons – parte I

Comentários 9 Padrão

Quando eu era criança costumava passar boa parte das minhas tardes na casa de uma grande amiga.

E é incrível pensar como a gente sempre tinha algo diferente pra fazer. Ser criança é tão bom, né?

Lembro que numa tarde a mãe dela resolveu nos ensinar a fazer pompons de lã, e aquilo nos entreteu por horas e horas.

E aí, enquanto eu pensava nos elementos para o quarto que estou decorando, lembrei dos pompons e resolvi que eles fariam parte da decoração do ambiente também.

Um dia fui no armarinho e achei uns fios bem legais. Comprei alguns nas cores do quarto e trouxe pra casa pra fazer os testes.

Como queria fazer pompons bem lindos, decidi procurar uns tutoriais no YouTube, e achei vários. A maioria deles ensinava a cortar dois círculos no papelão pra servir de guia pra enrolar os fios, então foi o que eu fiz.

Primeiro, tentei fazer um pompom com o fio que eu mais gostei:

Segui os tutoriais e o resultado final foi:

Um ninho de rato, como diria minha mãe. #fail

Tentei com outro tipo de fio, menos fiapento:

E o resultado foi:

Um pomponzinho bem chinfrim. #fail também

Dos fios que eu tinha comprado, só me restava a boa e velha lã.

Então joguei fora os círculos de papelão e as super dicas dos super tutoriais que eu tinha visto e resolvi fazer pompons do mesmo jeito que aprendi naquela tarde, na casa da minha amiga.

Peguei a lã e enrolei ao redor dos quatro dedos da mão, fazendo várias camadas, até ficar bem gordinho:

Depois tirei o bolinho da mão e amarrei com um barbante, bem no meio e bem apertado, e cortei todas as extremidades:

Por fim, dei uma chacoalhada no bichinho, pra distribuir os fios, e daí aparei as pontas que ficaram maiores, pra ele ficar bem redondinho (essa parte faz uma bagunça bem grande, e um pozinho terrível pra quem tem alergia, viu?).

E não é que eles ficaram lindos? :)

E veja só, o material que precisa pra fazer esse pompom é tão simples: só lã, tesoura e barbante (ou se preferir, pode amarrar com um pedaço da própria lã mesmo).

Eu fiz vários, acho que foram mais de 20, e usei num projeto bem legal pro quarto, que venho postar logo, logo.

Mas antes volto pra mostrar outro tipo de pompom que andei tentando fazer por aqui.

Témaisver.

:)

9 comentários sobre “a saga dos pompons – parte I

  1. hahahahahhaa
    Adorei o “ninho de rato” e o que o seu pai disse sobre a roda!!!!
    Santa sabedoria, né?!! :)

    E nem preciso dizer que os pompons ficaram fofos demais!
    Não vejo a hora de ver o quartinho. Deve ter ficado demais de lindo!

    Curtir

  2. Fechei os olhos e pude lembrar dos detalhes daquela tarde… que infancia maravilhosa nós tivemos!!!!! São muitas recordações agradaveis e fique sabendo que vc emocionou a Dona Nilce!!!! Beijos.

    Curtir

  3. Pingback: Preparativos festa 1 ano Miguel! | Mãe Arteira

Tem algo para comentar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s