pranchetas para o quarto da alice – com tutorial

Comentários 26 Padrão

Minha afilhada Alice completou quinze anos, e eu resolvi fazer uma surpresa pra ela. :)

A Alice adora ler, adora música e adora cinema. E ainda por cima tem um gosto muito bom pra livros, bandas e filmes.

E a Alice também ama arte e estuda ilustração nas horas vagas. E é uma garota muito, muito bacana, que está até me dando umas dicas de como usar o Snapchat (um minuto de silêncio para minha juventude, porque acabou de cair minha ficha que sou uma tia que pede ajuda para assuntos tecnológicos…).

E eu tinha ido uns dias antes almoçar por lá e reparei que a parede atrás da cama da Alice estava precisando de uma intervenção da madrinha aqui.

pranchetas 381

Então veio a ideia de usar as pranchetas revestidas com tecido, que já vi em várias fotos bacanas pelos blogs afora, pra que ela pudesse sempre mudar o conteúdo de acordo com o que estivesse gostando em cada momento.

Pra começar, escrevi pra ela pedindo uma lista dos seus três filmes, músicas e livros preferidos. Acho que foi uma missão difícil, mas eu disse que não era pra pensar muito, era pra falar os primeiros que viessem à cabeça.

Aí saí à caça das pranchetas. E gente, como foi difícil achar… as pranchetas de hoje em dia tem o clip preso com rebites, como eu ia tirar e colocar o clipe de volta? Fui em cinco papelarias até encontrar um modelo que servia.

Fucei minha coleção de retalhos de tecidos e escolhi uma composição de nove estampas que achei que ficavam legais juntas, e que combinavam com as cores de spray que eu tinha em casa.

Ah, e detalhe importante, liguei pra mãe da Alice e perguntei se podia furar a parede da menina inteira, né? E já aproveitei pra combinar como ia fazer pra que fosse uma surpresa.

Eu segui este tutorial do blog Gavetamix mas fui um pouquinho mais além, pintando os clipes e acrescentando um grelozinho na base (que foi uma ideia que surgiu por acaso, quando fui guardar alguns materiais e vi que as cores de grelô que eu tinha no armário casavam certinho com o projeto!).

Fotografei passo a passo o que fiz, olha só:

pranchetas 11

Soltei as garrinhas que prendem o clipe atrás da prancheta.
pranchetas 21 Primeiro com uma faquinha, pra levantar.pranchetas 31 Depois com a alicate, pra deixar ele bem retinho.pranchetas 41 pranchetas 51 Cortei o tecido, deixando uma margem.pranchetas 61 Espalhei cola branca comum.pranchetas 71 Usei um pincel pra deixar a cola bem uniforme.pranchetas 81 Depois apliquei o tecido e alisei com a palma das mãos, pra tirar as bolhas e ruguinhas. Mesmo se o tecido estiver um pouco amassado, ele fica bem esticadinho com a cola.pranchetas 91 Cortei os cantinhos, ainda deixando uma margem, para facilitar no acabamento da curva.pranchetas 101 Passei cola nas extremidades do verso da prancheta.pranchetas 111 E colei, um lado de cada vez, com cuidado.pranchetas 121 Dando atenção especial aos cantos.pranchetas 141pranchetas 131 Depois passei mais uma camada de cola sobre o tecido, pra que aderisse bem à prancheta.pranchetas 151 Com reforço nos cantinhos.pranchetas 161 Cortei o grelô na medida da largura da prancheta (não pode ficar esticado), e colei com essa cola de secagem rápida e bem grudenta, mas acredito que a cola branca também funcione direitinho.pranchetas 211E depois disso deixei secar até o dia seguinte.
pranchetas 221Enquanto isso eu pintei os clipes com tinta spray, e também deixei secar até o dia seguinte.pranchetas 171Depois de tudo seco, usando um estilete, fiz os furinhos no tecido para encaixar o clipe.pranchetas 181pranchetas 191Escolhi qual cor ia usar par qual tecido.
pranchetas 231 Encaixei o clipe e com a alicate virei as asinhas dele para o lado de fora, o contrário do que estavam antes.pranchetas 241 Coloquei uma base (um pedacinho de madeira pequeno), protegida com feltro, pra não riscar a tinta, e martelei a asinha até ficar bem rente à prancheta de novo.pranchetas 251 Ficou assim:pranchetas 261 E atrás ficou assim:pranchetas 271 Cortei o feltro e arredondei as pontas.pranchetas 281 Quando deitei a prancheta de costas, pra colar o feltro, protegi o clipe com outro pedaço de feltro pra não riscar.

Espalhei a cola branca novamente com pincel.pranchetas 291 Colei o feltro e reforcei os cantinhos com mais cola por baixo.pranchetas 301 E o acabamento de trás ficou assim:pranchetas 311 A prancheta prontinha:pranchetas 321 Grelô sempre deixa tudo mais feliz. :)pranchetas 331 Usei três cores de tinta/grelô: rosa, vermelho e azul.pranchetas 341 pranchetas 351 E aqui todas as nove pranchetas da Alice, juntinhas:pranchetas 361 Eu adorei! :)pranchetas 371

Então procurei na web referências legais sobre os filmes, livros e músicas que ela colocou na lista dos top 3. Achei algumas coisas bem legais, principalmente em tumblrs. E também dei uma fuçada no Facebook dela pra ver o que ela tinha curtido nos últimos tempos. Fiz uma seleção e imprimi em gráfica digital.

Chegou o dia do aniversário, e combinei com minha irmã que ia montar tudo enquanto ela estivesse na escola. Então fui de manhã, com a crianças, porque era o horário que sabia que ela não estaria em casa.

Fiz tudo muito rápido. Medi, marquei, bati os preguinhos e pendurei as pranchetas. E ficou assim:

pranchetas 391 pranchetas 401

Aí selecionei na hora algumas das coisas que eu tinha mandado imprimir, e pendurei nos clipes:

pranchetas 441 pranchetas 461 pranchetas 471

Essa foi a única que eu mesma fiz, porque não achei nenhuma imagem legal sobre este livro, que ela tanto ama.pranchetas 481 pranchetas 491 pranchetas 511 pranchetas 521

E bem, eu fiz mais algumas coisinhas no quarto também. :)

Eu me encantei com o lindo projeto da Com Lola, que através da arteterapia proporciona à crianças em situação de vulnerabilidade social uma oportunidade de ressignificar sua vida, transformar sua história.

Funciona assim: a cada produto que você compra na lojinha deles, uma boneca é doada para uma das ações sociais da empresa. Nessas ações, as crianças ouvem uma história e são convidadas a pintar cada um, uma boneca. Enquanto pinta, a criança coloca suas emoções nos traços, quase como que um desabafo colorido de seus obstáculos, de suas dificuldades.

Depois, a criança pode ficar com sua boneca, que se torna praticamente uma confidente, uma companheira, alguém que ficou com uma parte da dor para si. Uma cura, uma nova chance para a infância.

Enfim, um projeto bonito, que tem muitas histórias lindas já, em tão pouco tempo de atuação. Quando me deparei com essa ideia me senti profundamente inspirada. E comprei um gnomo para o quarto da Alice. :)

pranchetas 571 Junto com os bonecos (comprei um pro quarto do filhote também), as queridas da Com Lola enviaram duas folhinhas de suculenta, com as instruções para plantá-las e permitir que se regenerem.

Eu as deixei para a Alice, junto com todas as outras coisas legais que imprimi pra ela colocar nas pranchetas, quando quiser mudar.pranchetas 421

Além disso, peguei três espelhos da Urban Outfitters que eu tinha guardados há alguns anos, esperando um projeto legal, e coloquei também na parede.pranchetas 451 pranchetas 531 Aproveitei e colei algumas das fotos instantâneas que estavam no quarto. :)pranchetas 541 pranchetas 551 pranchetas 561 Peguei as bandeirinhas de papel do Quarto Lindo Lindo, que eu tinha guardado pra usar em algum projeto que eu quisesse deixar bem colorido, e coloquei em cima das prateleiras da Alice. :)pranchetas 591E pra finalizar, fiz rapidinho umas bandeirinhas de washi tape, e coloquei no espelho dela junto com dois post its e uma foto que tiramos com a câmera instantânea dela, quando estava tudo pronto. :)pranchetas 581Deixamos tudo arrumadinho e fomos embora.

Eu nem conto a ansiedade que eu fiquei até ela chegar em casa e me ligar.

Imagina só se ela não gostasse.. eu fiz, nada mais, nada menos que nove furos na parede atrás da cama! Já estava até imaginando eu tendo que ligar pra um pintor, pedindo pra ele ir lá consertar tudo.

Mas ela gostou! Muito! E eu fiquei muito feliz também, com o resultado e por ter conseguido presentear ela com algo bem diferente, uma mini makeover do quarto! :)

Essa ideia das pranchetas é um jeito bem legal de decorar, especialmente para quem enjoa rápido das coisas, já que dá essa possibilidade de mudar sempre que der vontade. Não é algo tão definitivo (nem tão caro) quanto quadros em molduras.

Então, que tal dar uma repaginada em alguma parede por aí? É um DIY bem bacana de fazer, eu me diverti muito!

Uma ótima semana pra você, cheia de inspiração!

Lahna :)

uma árvore para o papai

Comentários 12 Padrão

Tem rolado muito pelas redes sociais uma frase sobre o papel do pai.

Ela diz: “Qualquer homem pode ter um filho, mas é preciso um homem especial para ser um papai”.

Eu vejo como o papel do pai mudou nos últimos anos e fico feliz, feliz demais.

Acho tão bonito ver como os homens estão envolvidos nos cuidados com as crianças, como conhecem seus filhos intimamente e como participam ativamente da rotina diária da família.

Não são todos, é claro, mas eu tenho a impressão de que o número de pais que tem escolhido dedicar-se mais aos filhos vem crescendo muito.

Eu tenho lembranças muito lindas da minha infância que envolvem o meu pai. Ele tomava boa parte do seu tempo livre pra estar com a gente, inventar brincadeiras diferentes e nos acompanhar em grandes aventuras.

Isso ficou marcado demais pra mim e fico feliz por ter encontrado um pai maravilhoso para os meus filhos também.

E hoje começou o mês de Agosto e o dia dos pais está super pertinho e eu me dei conta de que ainda não pensei em um presente especial para as crianças darem ao seu papai neste ano, pra agradecer todo esse carinho, toda essa dedicação que recebem diariamente desse super-herói de verdade que faz parte das nossas vidas.

E fui dar uma fuçada no Pinterest em busca de inspiração e no meio das minhas pesquisas acabei lembrando que eu não mostrei aqui o nosso projetinho de Dia dos Pais de 2012, e achei que é um momento bem oportuno pra fazer isso, né?

Quem sabe ainda dá tempo de preparar, já que é bem simples de fazer, olha só que  legal:

08 093

 

Minha amiga Ana Carolina encontrou essa ideia no Pinterest e fez pro papai da Alice (que hoje também é papai da Elena) em 2011 e eu achei lindo e copiei no ano seguinte.

Eu só lembrei de fotografar depois que as crianças entregaram o presente para o pai, e aí nota-se que onde está o texto o papel foi dobrado pelas mãozinhas ansiosas pra entregar logo o presente, né?

Faz parte também. :)

É super simples, mas vou explicar como eu fiz mesmo assim:

 

1) Primeiro carimbei as mãozinhas das crianças em uma folha de papel A4 branco de alta gramatura.

Usei tinta guache verde que separei em duas partes, uma parte eu deixei como é e a outra eu misturei com um pouco de amarelo e branco, pra ficar um verde mais vivo e mais claro (assim a árvore ficar com tons diferentes de folhas).

Eu fiz as duas mãozinhas de cada filho, mas se você tiver um filho só, pode fazer duas vezes cada mão, se tiver três, quatro ou mais filhos pode fazer com só uma mãozinha de cada um.

08 097

 

2) Depois cortei o tronco da árvore em papel de scrapbook e colei com cola de bastão.

Mas se você quiser facilitar, não precisa recortar o tronco. Pode imprimir na impressora comum mesmo um tronco de árvore seca. No Google Images há algumas opções, pesquise por tree trunk illustration.

Ou se preferir, pode comprar uma arte digital prontinha. Na Etsy tem várias, uma das minhas preferidas é essa aqui (você paga com Pay Pal ou cartão de crédito internacional e eles disponibilizam a imagem pra download imediatamente).

Ou ainda você pode pedir para os filhotes desenharem o tronco da árvore, se forem maiorzinhos, ou você mesma pode desenhar e pedir pra que eles pintem.

Enfim, o que vale mesmo é a participação e a diversão dos pequenos. Porque o papai vai amar o presente de qualquer jeito, né?

 

3) Fiz as tags com os nomes, amarrei um pedaço de fio encerado e colei com fita banana, pra dar esse efeito de alto relevo.

08 095

 

4) Colei os botões com cola branca.

08 096

 

5) Colei sobre a base de papel de scrap 30×30, que já estava com o texto recortado na Cameo.

08 100

 

Mas olha, essa parte da base 30×30 com o texto em recorte é totalmente dispensável.

Você pode imprimir na impressora normal um texto na base do A4, dizendo “Feliz Dia dos Pais – 11/08/2013”.

Ou pode pedir para os filhotes escreverem, se eles já souberem as letrinhas. Ou então você mesma pode caprichar na letra e escrever, né?

 

6) E se tiver um tempinho rola até mandar colocar uma moldura antes de entregar para o papai. :)

***

Uma dica importante: se você for imprimir no papel o tronco da árvore e/ou o texto, o ideal é fazer isso antes de carimbar as mãozinhas.

 

Fácil, fácil, né? E o melhor, com participação dos pequenos!

Se fizer, mande foto pra mim depois, tá?

 

Vou deixar algumas outras ideias que achei no Pinterest:

dadrocksbig-tile

Peso de papel / Arte com giz  / Luvas para o churrasqueiro

Arte com digitais / Cartão te amo um tantão assim / Troféu de copos de papel

***

E tem também os projetinhos que usamos aqui em casa em 2011, que é ainda mais simples que a árvore.

Um coração feito com pezinhos:

08 1356

Obras de arte feitas por pequenas mãos (com grande amor):

08 1361

 

E como no ano passado algumas de vocês me pediram a moldura acima, segue o arquivo para download, pra que seus pequenos artistas também possam fazer seus desenhos cheios de amor para os papais.

moldura

 

O projetinho que escolhi pra fazer aqui em casa este ano eu ainda não posso revelar, pra não estragar a surpresa, mas em breve mostra pra vocês, tá?

Espero que todos tenham um lindo dia dos pais, e que cada vez mais papais descubram a alegria de mergulhar no universo incrível de seus filhos!

Lahna :)

como fazer estrelas de sacos de papel

Comentários 12 Padrão

Então, vim falar sobre as estrelas.

Na verdade, no projeto original as estrelas são flores. Mas como o batizado era de menino fiquei com um pouco de medo que as flores ficassem muito femininas e tive a ideia de transforma-las em estrelas.

E é até engraçado, mas assim que eu pensei nas estrelas, em poucos minutos eu tinha a festa pronta na minha caixola.

Foi por causa das cores dos sacos de papel que nasceu a inspiração pra todo o resto, em branco e kraft.

Então vou mostrar pra vocês como fazer as estrelas, ok?

– Cada estrela leva em torno de 10 a 15 minutos pra ser feita, a não ser que você faça produção em série, como eu fiz, daí o tempo cai pela metade.

– O material que você vai precisar, é esse aqui:

– Para cada estrela, 6 sacos de papel.

Estes saquinhos de papel você encontra em lojas de embalagens com o nome cartuchos de papel. Eu encontrei (e comprei) dois tamanhos, mas recomendo que você compre só o menor, que deve ter em torno de 23 cm de altura por uns 10 de largura.

Os saquinhos maiores NÃO FUNCIONAM BEM pra fazer as estrelas pois as pontas ficam penduradas e com carinha de murchas. Não fica legal, confie em mim que perdi uma madrugada inteira fazendo 20 estrelas grandes só pra odiá-las na hora em que abri e jogar todas fora sem usar, ok?

– Fita dupla face.

– Tesoura.

– Estilete (ou guilhotina, se tiver uma bem boa).

– Furador de papel.

– Barbante simples.

– Fita transparente.

– Régua e lápis.

1) Corte o fundo dos sacos de papel (4 ou 5 cm).

2) Marque 7,5 cm de altura, de baixo pra cima, dos dois lados, com o lápis (você pode variar essa medida, para ter estrelas diferentes).

3) Marque o centro, na abertura do saco.

4) Trace uma linha, ligando a marcação mais alta até as duas mais baixas.

5) Usando o estilete, corte sobre essas linhas.

6) Com o furador, faça um furo bem no meio da base dos saquinhos, como na foto.

7) Passeo um pedaço de barbante pelo furo e dê um nó.

DEIXE O NÓ BEM SOLTINHO, COMO NA FOTO. Se ficar justinho fica impossível fazer a estrela.

8) Deite os saquinhos sobre uma superfície lisa, e abra, como um livro.

9) No último saquinho, cole fita dupla face (só os dois pedaços dos cantos são suficientes).

10) Depois de desencapar a fita, vire o saquinho seguinte sobre ela e pressione, pra colar.

11) Repita este passo para cada saquinho.

12) No último saquinho, cole também a fita dupla face.

Eu recomendo colar, no último, 6 pedaços de fita, 3 de cada lado do furo (mas todos na vertical), porque várias das minhas estrelas abriram neste lugar, e eu tive que cola-las correndo antes dos convidados chegarem.

13) Se você pretende guardar ou transportar suas estrelas, pare por aqui, e os próximos passos você executa só no local da festa, pois elas ficam muito ruins de transportar abertas.

Também não é bom abri-las muito tempo antes da comemoração, pois as fitas podem descolar e a estrela abrir.

14) Desencape as fitas dupla face do último saquinho e com cuidado abra a estrela.

15) Esta é a parte mais difícil: Deixando o barbante entre a fitas dupla face (como na foto) junte o primeiro com o último saquinho de papel, de forma que eles fiquem bem alinhadinhos e cole, fazendo pressão com os dedos.

16) Para dar um pouco mais de estabilidade à sua estrela, cole o barbante  em uma das pontas, com fita durex.

E está pronta a sua estrela de sacos de papel!

Viu só como é simples?

E olha, essa aí da foto foi a terceira que eu fiz, então está meio desajeitada ainda, com a prática elas vão ficando melhores.

Uma coisa que eu pensei, é que, como tem que cortar o fundo do saco de papel, então na verdade dá pra usar qualquer papel, se você dobrá-lo como esses saquinhos e colar as extremidades. Não tentei, mas isso aumenta muito as possibilidades de uso de cores, já que é complicado achar sacos de papel colorido.

Eu tenho certeza que não foi a última vez que usei esse item nas minhas decorações, acho que da próxima vez vou fazer as flores ao invés das estrelas.

A única diferença é que ao invés de fazer o corte reto, com o estilete, tem que fazer ele mais curvo com a tesoura.

É assim que está no link do projeto original, e que usei pra fazer as minhas estrelas, da mestra Martha Stewart.

Então, vai lá fazer a sua pra ver como é fácil e encha sua vida de estrelas!

Não precisa ser pra decoração de festas, não. Pode ser pra decorar um canto da sua casa também!!!

Mas depois me mostra, tá?

:)