a festa da galinha pintadinha na escola

Comentários 51 Padrão

Então, como eu já comentei, eu não curto fazer festas de personagens e temas prontos.

Parece que tenho um bloqueio, as ideias não aparecem, a inspiração fica escondidinha e eu fico desanimada, sem vontade de trabalhar e enrolando, enrolando até a última hora pra fazer as coisas.

Mas eu resolvi fazer uma tentativa, pro mesmo garotinho da outra festa da galinha. Já que ele gosta tanto da Galinha Pintadinha, achei que seria legal fazer a festa da escolinha com esse tema.

Como sempre, festa de escola tem que ser super simples. Nesta escola tivemos 30 minutos pra arrumar tudo, então não dá pra ficar inventando muitas decorações, penduricos e tals.

Como eu acho as cores da Galinha Pintadinha meio exageradas, resolvi usar só a galinha, sem pintinho, galo, elefante, barata e toda turma, e coloquei ela num gramado verdinho, e usei só verde e azul.

E pra não dizer que não tive nenhuma ideia diferente, na hora de pensar na marmitinha para o lanche, resolvi que faria uma caixinha de ovos personalizada para cada criança, assim, cada item do lanchinho seria um dos ovos da Galinha Pintadinha.

Fiz tudo bem simples, mas com muito carinho, pensando em cada um dos amiguinhos que ia comemorar junto com o aniversariante.

Então vamos às fotos, começando pela caixinha de ovos:

festa pintadinha 07

As tags para os bolinhos:

festa pintadinha 08

Chapéu do aniversariante:

festa pintadinha 04

festa pintadinha 05

Lembrancinha:

festa pintadinha 01

Saquinho da lembrancinha:

festa pintadinha 02

festa pintadinha 03Eu acabei dando mais uma bola de vinil para cada criança, além desse pintinho amarelinho, porque é um brinquedo bem vagabond, sabe? Achei que a qualidade era melhorzinha, mas ele estraga super fácil.

Nem preciso dizer que as bolas foram uma festa, né? Nessa idade eles todos adoram bolas.

A festa montada:

b

Eu adoro balões de gás. Adoro o efeito deles nas festas, adoro soltá-los e vê-los indo embora, e adoro ver a carinha dos pequenos quando percebem que os balões voam.

festa pintadinha 10

Usei a toalha de mesa verde claro também:

festa pintadinha 23

O kit de cada criança ficou assim:

festa pintadinha 12

Dessa vez, fiz o bolinho sem cobertura, porque como essa turma é de crianças bem pequenas, a cobertura significa muita meleca. E meleca é bom em festa, né? Mas na escola é mais complicado, porque as crianças estão de uniforme, o tempo é curto e tudo mais.

festa pintadinha 17

Então, só pra não ficar totalmente sem graça, eu fiz os bolinhos azuis. Por fora eles não ficaram tão azuis, ficaram mais tostadinhos, mas por dentro ficaram muito legais.

festa pintadinha 24

E as crianças adoram essas coisas, né? Claro que não é super saudável usar corantes, mas o resto das comidinhas não tinha nada de corantes, e não tinha nada de pasta americana (que é cheia de corantes também), então equilibramos um pouco.

O suquinho:

festa pintadinha 18

O chapeuzinho dos convidados:

festa pintadinha 20

A caixinha de ovos:

festa pintadinha 14

O lanchinho foi: um salgadinho assado de frango e outro de pizza, brigadeiro, beijinho e um morango.

festa pintadinha 16

E aqui o kit do aniversariante:

festa pintadinha 21

Realmente, não foi a minha festa mais inspirada, mas achei que ficou fofa.

E o mais legal foi que o aniversariante curtiu muito ter a tal da galinha estampando a sua festa da escola.

Mas eu espero não ter outras festas de personagens pela frente. Pelo menos não por um bom tempo…

Lahna :)

como fazer estrelas de sacos de papel

Comentários 12 Padrão

Então, vim falar sobre as estrelas.

Na verdade, no projeto original as estrelas são flores. Mas como o batizado era de menino fiquei com um pouco de medo que as flores ficassem muito femininas e tive a ideia de transforma-las em estrelas.

E é até engraçado, mas assim que eu pensei nas estrelas, em poucos minutos eu tinha a festa pronta na minha caixola.

Foi por causa das cores dos sacos de papel que nasceu a inspiração pra todo o resto, em branco e kraft.

Então vou mostrar pra vocês como fazer as estrelas, ok?

– Cada estrela leva em torno de 10 a 15 minutos pra ser feita, a não ser que você faça produção em série, como eu fiz, daí o tempo cai pela metade.

– O material que você vai precisar, é esse aqui:

– Para cada estrela, 6 sacos de papel.

Estes saquinhos de papel você encontra em lojas de embalagens com o nome cartuchos de papel. Eu encontrei (e comprei) dois tamanhos, mas recomendo que você compre só o menor, que deve ter em torno de 23 cm de altura por uns 10 de largura.

Os saquinhos maiores NÃO FUNCIONAM BEM pra fazer as estrelas pois as pontas ficam penduradas e com carinha de murchas. Não fica legal, confie em mim que perdi uma madrugada inteira fazendo 20 estrelas grandes só pra odiá-las na hora em que abri e jogar todas fora sem usar, ok?

– Fita dupla face.

– Tesoura.

– Estilete (ou guilhotina, se tiver uma bem boa).

– Furador de papel.

– Barbante simples.

– Fita transparente.

– Régua e lápis.

1) Corte o fundo dos sacos de papel (4 ou 5 cm).

2) Marque 7,5 cm de altura, de baixo pra cima, dos dois lados, com o lápis (você pode variar essa medida, para ter estrelas diferentes).

3) Marque o centro, na abertura do saco.

4) Trace uma linha, ligando a marcação mais alta até as duas mais baixas.

5) Usando o estilete, corte sobre essas linhas.

6) Com o furador, faça um furo bem no meio da base dos saquinhos, como na foto.

7) Passeo um pedaço de barbante pelo furo e dê um nó.

DEIXE O NÓ BEM SOLTINHO, COMO NA FOTO. Se ficar justinho fica impossível fazer a estrela.

8) Deite os saquinhos sobre uma superfície lisa, e abra, como um livro.

9) No último saquinho, cole fita dupla face (só os dois pedaços dos cantos são suficientes).

10) Depois de desencapar a fita, vire o saquinho seguinte sobre ela e pressione, pra colar.

11) Repita este passo para cada saquinho.

12) No último saquinho, cole também a fita dupla face.

Eu recomendo colar, no último, 6 pedaços de fita, 3 de cada lado do furo (mas todos na vertical), porque várias das minhas estrelas abriram neste lugar, e eu tive que cola-las correndo antes dos convidados chegarem.

13) Se você pretende guardar ou transportar suas estrelas, pare por aqui, e os próximos passos você executa só no local da festa, pois elas ficam muito ruins de transportar abertas.

Também não é bom abri-las muito tempo antes da comemoração, pois as fitas podem descolar e a estrela abrir.

14) Desencape as fitas dupla face do último saquinho e com cuidado abra a estrela.

15) Esta é a parte mais difícil: Deixando o barbante entre a fitas dupla face (como na foto) junte o primeiro com o último saquinho de papel, de forma que eles fiquem bem alinhadinhos e cole, fazendo pressão com os dedos.

16) Para dar um pouco mais de estabilidade à sua estrela, cole o barbante  em uma das pontas, com fita durex.

E está pronta a sua estrela de sacos de papel!

Viu só como é simples?

E olha, essa aí da foto foi a terceira que eu fiz, então está meio desajeitada ainda, com a prática elas vão ficando melhores.

Uma coisa que eu pensei, é que, como tem que cortar o fundo do saco de papel, então na verdade dá pra usar qualquer papel, se você dobrá-lo como esses saquinhos e colar as extremidades. Não tentei, mas isso aumenta muito as possibilidades de uso de cores, já que é complicado achar sacos de papel colorido.

Eu tenho certeza que não foi a última vez que usei esse item nas minhas decorações, acho que da próxima vez vou fazer as flores ao invés das estrelas.

A única diferença é que ao invés de fazer o corte reto, com o estilete, tem que fazer ele mais curvo com a tesoura.

É assim que está no link do projeto original, e que usei pra fazer as minhas estrelas, da mestra Martha Stewart.

Então, vai lá fazer a sua pra ver como é fácil e encha sua vida de estrelas!

Não precisa ser pra decoração de festas, não. Pode ser pra decorar um canto da sua casa também!!!

Mas depois me mostra, tá?

:)