a árvore da leitura

Comentários 22 Padrão

Eu sempre quis ter filhos leitores. Eu lia muito na infância, e aprendi a amar livros desde bem pequena. E eu queria muito que meus filhos também sentissem o prazer da leitura, aquela sensação maravilhosa de viajar a um mundo diferente, viver aventuras junto com os personagens e se perder nas páginas e capítulos de um livro.

Mas no ano passado achei que as crianças estavam muito preguiçosas pra ler por aqui, especialmente a mais velha, que já está com 7 anos e domina bem a leitura independente.

Como o pequeno sempre amou que eu lesse pra ele antes de dormir, ela acabava ouvindo junto a historinha dele e se enrolava pra ler os livros dela.

Então este ano, nos primeiros dias de janeiro, eu propus um desafio pra ela. Se ela conseguisse ler 50 livros ao longo de 2017 ela ganharia uma ótima recompensa no final do ano. Mas tinham que ser livros pra idade dela, com uma quantidade razoável de texto.

Ela topou, ficou curiosa pra saber o que era a recompensa, mas eu disse que é supresa (na verdade, eu ainda não sei o que será, mas estou pensando nisso… rs).

As aulas começaram e ela passou a trazer livros da biblioteca da escola, inclusive criou uma rotina diferente da turma da escola, que pega um livro toda sexta-feira. Ela passou a pegar outro às terças-feiras também. E anotar os nomes dos livros que leu todos num caderninho.

A novidade foi que o pequeno, de 5 anos, começou a querer ler sozinho os livros que ele traz da biblioteca também, ao invés de pedir pra eu ou pro Fá lermos pra ele (claro que os livros dele tem bem menos texto que os dela, bem coerentes com a faixa etária).

Editando: Pessoal, em função de alguns questionamentos, queria dizer que o Matias completa 6 anos no final deste mês. Além disso, ele é bem precoce na alfabetização. Ele demonstrou interesse muito cedo pela leitura e escrita, por acompanhar o processo de alfabetização da irmã, e isso aconteceu de forma natural. É absolutamente normal que uma criança de 5 anos não saiba ler. Em geral as crianças são alfabetizadas entre os 6 e 7 anos e não há nenhum motivo para preocupação ou necessidade de estímulo antes dos 7 anos.

Eu achei isso muito legal, e pra incentivar ainda mais esse hábito, resolvi colocar em prática uma ideia que vi há algum tempo no blog da Belinda Graham, o The Happy Home, que é uma grande inspiração de maternidade e craftices pra mim.

Trata-se de uma árvore de leitura, um conceito que achei muito lúdico e bonito.

Pra começar, é preciso uma parede, ou uma porta, ou um vidro que esteja livre. Eu escolhi uma parede do quarto de brincar aqui de casa, na escada que sobe pro mini mezanino onde guardamos alguns brinquedos maiores.

A ideia é muito simples, é só desenhar uma árvore sem folhas. Eu risquei com lápis primeiro e depois só preenchi com tinta. Eu usei tinta pra artesanato mesmo, dessas que se compra em potinhos bem pequenos, em lojas de materiais pra arte, pode ser acrílica fosca ou PVA, e usei pincéis simples, que na verdade são das crianças.

Não é difícil, gente. Eu fiz umas firulinhas na base, coloquei cogumelos, flores e um esquilinho, mas dá pra fazer só o tronco com os galhos, que é bem fácil.

Eu pesquisei no Google “desenho de árvore sem folhas“, escolhi uma e fiz mais ou menos parecida. Se você quiser fazer, a dica é passar o lápis bem fraquinho, que se você errar é só apagar com uma borracha branca, ou se estiver difícil use um pouco de saponáceo cremoso (tipo Sapólio) numa esponja úmida e depois passe um pano levemente molhado pra tirar o produto.

Na hora de pintar, se você errar alguma coisa, com esse tipo de tinta é só passar um paninho úmido enquanto ela não secar, que sai. Aí você espera secar a umidade e pinta de novo.

É realmente bem tranquilo de fazer, mas se você preferir pode recortar o tronco de E.V.A. ou cartolina marrom e fixar na parede com fita dupla face ou uma cola própria pra isso. Ou ainda pode comprar uma árvore de adesivo de vinil pronta, ou encomendar em algum lugar que corta uma dessas da pesquisa do Google Images.

Se você optou por fazer no vidro, pode usar uma caneta daquelas pra desenhar em vidro mesmo, que sai com um pano úmido, só lembre que você não vai poder limpar este vidro por algum tempo. E se você tem uma parede quadro-negro, dá pra desenhar com giz também. Fica bem legal.

Bem, resolvido o tronco, vem a parte das folhas. Eu comprei 4 tons de verde diferentes pra nossa árvore. Uma pra cada pessoa da casa. As crianças escolheram as cores preferidas delas e eu e o Fá ficamos com as outras duas.

Você pode, ao invés de uma cor pra cada membro da família, ir mudando as cores das folhas de acordo com a estação do ano, deixando laranja e amarela no outono, vermelha e cinza no inverno, verde bem clarinho na primavera e verde mais escuro no verão. Com certeza fica lindo também.

Eu desenhei uma folhinha que eu adoro, e sempre uso nos meus desenhos, e cortei usando a Silhouette. Mas isso também é totalmente dispensável, né? Você pode cortar folhas simples com a tesoura mesmo, na verdade, as crianças podem até ajudar nesta tarefa também, pra ser ainda mais divertido. Foi o que a Belinda fez na casa dela.

Mas se você quiser, segue o molde da minha folhinha:

molde folha

Depois das folhas recortadas, é só cada um registrar os livros lidos. Nós escrevemos o nome de quem leu, o nome do livro e a data que a leitura foi concluída. Decidimos registrar todos os livros que já lemos este ano, assim será nossa árvore de leitura de 2017, mas você pode começar a partir de agora, se não tiver registro dos livros de janeiro, fevereiro e março.

E então, vem a parte mais legal, que é colar a folha na árvore. :)

É só usar um pedacinho de fita dupla face, ela cola super bem em superfícies lisas. Deixe as crianças escolherem onde querem colar suas folhas, com certeza eles vão adorar.

E ao longo do tempo a árvore vai ficando cada vez mais cheia de folhas, já pensou que linda no final do ano?

Se você tem filhos pequenos, pode colar folhas também para os livros que você lê pra eles. Eles com certeza vão adorar. E essa ideia é muito legal para professores aplicarem em escolas, a partir do primeiro ou segundo ano. Já pensou quantas folhas na árvore de uma turminha com 20 ou 30 alunos?

Enfim, são muitas possibilidades, e todas elas lindas e com um objetivo muito legal, estimular pequenos leitores.

IMG_0142Aqui em casa eles estão super felizes com a árvore, e fazendo fila de livros pra ler. Então acho que o objetivo de estimular a leitura está sendo atingido, né?

Se você fizer a árvore, por favor me mostre, ok? E como eu recebi alguns pedidos de indicações de livros pra crianças, vou organizar um post sobre isso também.

Ah, e eu aproveitei o dia que fiz as fotos da árvore ainda sem folhas, e fotografei também este quarto, que eu ainda não mostrei por aqui. Então eu vou mostrar um pouco mais desse espaço em breve, tá bom?

Boas leituras pra vocês!

Lahna :)

22 comentários sobre “a árvore da leitura

  1. Olá Lahna, achei a idéia da árvore bem legal, mas fiquei curiosa sobre uma coisa: o teu filho já lê sozinho aos 5 anos? O meu completou 5 anos em janeiro e agora está entre entrando na fase inicial de alfabetização, só lê as letras isoladas, ainda não lê sílabas. E ele também não tem acesso à biblioteca, pois está na educação infantil. Fiquei preocupada.

    Curtir

    • Oi Ana Paula,
      Na verdade ele faz 6 anos neste mês, está no primeiro ano. Mas não tome ele como parâmetro pois ele foi bem precoce na alfabetização. Na sala dele há várias crianças que não sabem ler.
      Partiu dele o interesse mesmo, vendo a irmã mais velha ler e escrever. O normal é que a criança saiba ler e escrever entre os 6 e os 7 anos, não antes disso.
      Eles vão à biblioteca da escola sim, mesmo na educação infantil, mas a recomendação é para que a leitura deste livro seja feita em família, estimulando a criança a ler uma ou outra palavrinha solta, de duas sílabas simples, coisas assim.
      Leia bastante pra ele que com certeza quando ele crescer ele também vai gostar muito de ler.
      Um abração.

      Curtir

  2. Adorei, uma ótima ideia mesmo! Meu filho também está com 5 anos e na mesma situação da Ana Paulo que fez o comentário anterior, ainda nas letras isoladas…

    Curtir

    • Oi Silvia,
      Como eu escrevi para a Ana Paula, ele fará seis anos este mês, e também é bem precoce na alfabetização. Pode ficar tranquila. :)

      Curtir

  3. Adorei, Lahna! No final do ano você podia atualizar com uma foto da árvore bem frondosa, né? Quero ver como vai ficar :D
    Já que você vai dar dicas de livros, posso ajudar?? hehe Lembrei de 3 livros infantis bem lindos que têm árvores como tema:
    “A árvore das lembranças”, Britta Teckentrup. Editora Rovelle – trata sobre a morte de um jeito delicado e bonito.
    “A árvore generosa”, de Shel Silverstein, antes era editado pela Cosac Naify, agora está sendo publicado pela Companhia das Letras – essa história tem muitas leituras, uma delas é sobre a importância de cuidar da natureza, mas acho meio superficial. Dá pra se aprofundar mais e pensar em relações de amor, amizade, cuidado e, dizem, que o autor fala sobre a relação de mãe e filho, em que as mães dão tudo sem esperar nada em troca.
    “A Árvore das Estações que Vêm e Vão”, Patricia Hegarty, editora Publifolha. Mostra o ciclo das estações na natureza com ilustrações lindíssimas! É uma edição mega caprichada.
    Agora tô curiosa pra saber o que tem feio sucesso nas leituras por aí. :)
    beijos!

    Curtir

  4. Oi Lahna. Sempre arrasando👏…seu estimulo esta dando mto certo, o Matias vive com um livro por perto!Diz pro Mati partilhar a ideia com a turma. Quem sabe não fazemos uma árvore da leitura por la tbm?!

    Curtir

    • Oi Kelly, que bom que vc gostou! O blog da Belinda foi o começo de minha vida inspirada. Foi passeando por lá que nasceu a inspiração pros quartos do sobrado, para as primeiras festas de aniversário, e também pra esse blog… eu até escrevi pra ela, agradecendo, pois foi uma das grandes responsáveis por essa transformação toda na minha vida, há 6 anos.

      Curtir

  5. Que ideia maravilhosa! Meu sobrinho mais velho também tá meio preguiçoso pra ler. Vou sugerir uma árvore dessa pra ver se ajuda. :)

    Curtir

  6. Ah, não, Lahna! Pára um pouco.

    Coração não aguenta com tanta ideia linda e criativa que sai da sua cabeça!

    Brincadeirinha! Pára, não! Amo muito tudo isso.

    Beijos e sucesso!!!

    Curtir

Tem algo para comentar?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s